Arquivo | Tamires Sousa RSS feed for this section

E quando a gente precisa motivar o outro?

17 mar

E aí? Como vão?

Tá rolando muita tristeza com a partida do verão? Eu to aqui inconformada rsrs. Mas no fim do ano tem mais :).

Vamos ao que interessa. Uma coisa muito importante que aprendi nesse último ano, foi que toda essa transformação que fazemos conosco – melhores hábitos alimentares e de exercícios, ra, etc – precisa ser compartilhada. Não são coisas que devemos guardar pra nós, mas sim dividir com o máximo de pessoas o possível, principalmente com aquelas que notamos que precisam urgente dar uma remexida.

Compartilhar as coisas boas é importante, ajudar o próximo é muito importante e inclusive faz muito bem para nós, espiritualmente e psicologicamente. Talvez até fisicamente, pois nos dá motivação que influencia na nossa energia pra fazer as coisas :).

Esse é um dos objetivos do nosso blog inclusive :).

Acontece que às vezes, motivar o outro é difícil. Como convencer a minha mãe por exemplo de largar a novela para fazer uma caminhada na esteira a noite? Sei que a saúde dela não vai bem e isso me preocupa. Normalmente a gente fala uma, duas ou três vezes e desiste. Mas eu particularmente sinto que em algumas ocasiões não podemos desistir. E temos que ver qual a melhor maneira de ajudar ao próximo, nem que seja aos pouquinhos. Da mesma forma que nos motivar é difícil e precisamos encontrar alternativas, com o outro a mesma coisa!

É legal também compartilhar com a família e amigos as informações sobre alimentação que aprendemos :). Quanta coisa importante que não se sabe? Por exemplo, misturar carboidratos na mesma refeição ou a importância da proteína? Aos poucos as mudanças vão aparecendo.

Faz um ano que comecei a minha mudança agora em março. Um dos fatos desencadeadores disso foi o falecimento da minha vó. Ela faleceu numa condição de saúde bem ruim e eu queria poder ter insistido mais, convencido mais… mas não tenho o que lamentar hoje. O importante são as duas lições preciosas que aprendi: 1 – cuidar de mim pra chegar na idade dela bem e 2 – não desistir de ajudar o próximo. O que não consegui fazer com ela, posso fazer com muitas outras pessoas!

É isso aí 🙂 a vida continua e temos que nos mover!

Beijão e que esse post sirva de inspiração para um bom começo de semana pra vocês!

Tami 😉

Quando devo começar minha luta?

19 fev

Oi galera :)!

Boa pergunta essa, não? A resposta é “agora”. Primeiro por que não existe lógica alguma em esperar a coisa mudar, melhorar ou (principalmente), piorar. A cada momento em que adiamos uma decisão importante, mais e mais complicamos nossa situação.

Segundo, ao protelar demais acabamos aumentando a possibilidade de NUNCA tomar as atitudes necessárias para resolver nosso problema! (É aquela história da promessa de ano novo, regime só segunda, ou depois do Natal…).

Devemos encarar um a um nossos desafios reais e transformá-los para alcançar nossos objetivos, e quem sabe dessa forma até inspiramos outras pessoas a fazer o mesmo?

Mão na massa então? Agora, já, aproveita a hora do lanchinho, come direito e faz uma matrícula na academia :). Não tem dinheiro? Procura as dicas de treino em casa (temos várias aqui no blog).

O importante é começar JÁ!

Beijão e boa semana!

Tami

A Moda da Suplementação

29 jan

Oi pessoal!

Todo mundo sabe que suplementos e termogênicos viraram febre e estão super na moda de quem frequenta academias. Quem não usa ao menos já ouviu falar, conhece quem usa ou algo assim. Só que pouca gente sabe dos riscos que a suplementação inadequada podem trazer!

Fiz uma pequena lista do que aprendi nesse meio tempo…

1 – Cuidado com o que compra
Como tudo nessa vida, temos que ficar de olho na marca e qualidade dos produtos. Produtos de procedência duvidosa devem ser evitados.

2 – Quem deve receitar é o nutricionista e não o professor!
De modo geral, quem pode receitar esse tipo de produto são os nutricionistas. Eles vão analisar a sua alimentação, ver se você REALMENTE precisa de uma carga extra daquela substância ou nutriente e aí prescrever o que for adequado. Tudo isso com acompanhamento médico e de exames.
“Ah mas o meu professor disse…” bom… o professor vai orientar pelo ponto de vista do treino, e é importante avaliar se o que o nutricionista recomendou casa com o treino. Mas ele não pode falar sobre a saúde. Cabe aí uma avaliação sobre o seu professor. Infelizmente tem muito professor de academia que nem formado é. Alguns tem sim conhecimento sobre isso pois estudaram o tema, é interessante aprofundar a conversa com o professor pra tentar sondar.

3 – Mas o meu amigo disse…
Se nem alguns professores podem falar disso, quem dirá o amigo. Ele pode falar da experiência com os produtos, de quem receitou, o que foi falado, trocar esse tipo de informação é muito válida. Mas começar a tomar por que o amigo toma não dá!

4 – Nem todo mundo que faz academia deve ou precisa tomar.
Isso eu percebi também numa conversa com o meu professor. Eu andava meio ansiosa pra tomar isso e aquilo, querendo resultados. Fui falar disso com ele e tomei umas pedradas, rs. Ele me falou pra procurar nutricionista mas antes disso, eu preciso manter uma regularidade na academia… meus dias e horários são meio loucos. Fora que fui falar pra ele de suplementos que eu nem preciso tomar!
Ele ainda me jogou na cara (kkkk) que antes de eu me preocupar em tomar Whey (que talvez eu nem precise) e BCAA, eu tenho que ver por que sinto falta de energia… o problema pode estar em vitaminas básicas. Por isso é importante o profissional da saúde. Pode ser que junto de um BCAA seja legal eu tomar um Centrum, ou até começar por ele.
Outro exemplo importante que vi lendo sobre o tema: tem gente que fica tão na neura que passa por exemplo, uma semana sem treinar por causa de uma gripe, mas continua tomando… alguns suplementos só devem ser tomados junto com os exercícios.
De modo geral, suplementos servem para quem treina muito.

5 – Prioridade na alimentação
Se for possível ter uma alimentação adequada que contenha tudo o que você precisa, não tem nem por que tomar. Alguns nutrientes em excesso podem trazer males para a saúde, como por exemplo o excesso de proteína, que pode sobrecarregar os rins.

Como eu já falei demais, vou deixar alguns links para vocês lerem mais :).

http://www.inteligencianutricional.com.br/?p=1211
http://www.exerciciosemcasa.com/2013/01/dicas-sobre-suplementos-alimentares.html
http://g1.globo.com/minas-gerais/triangulo-mineiro/noticia/2012/01/e-um-risco-diz-endocrinologista-sobre-suplementos-alimentares.html
http://observatorio.esportes.mg.gov.br/esporte-saude-e-lazer/alimentacao-e-nutricao/2013/01/os-riscos-do-uso-de-suplementos-alimentares

Confesso que não domino esse tema, então quem tiver como complementar fique a vontade!

Beijos

Tami

Tabelas nutricionais de restaurantes – parte 2

20 jan

Oie!

Para quem viu o primeiro post de tabelas nutricionais que fiz, segue agora uma nova listinha pra ficar de olho no que colocamos pra dentro! Nesta lista vou por diversos tipos de restaurantes e alimentos, não só fast-food como a anterior!

Pois é… em breve teremos um post sobre tabela de restaurantes com comidas mais “normais” rs.

Lembrando que, para quem já atingiu suas metas (ou está próximo disso) ou para quem tem uma dieta balanceada (não digo dieta de “fazer dieta”, mas a alimentação do dia a dia mesmo) e saudável, comer umas besteirinhas ou outras de vez em quando não vai fazer mal. Claro que olhar essas tabelas ajudam a não exagerar demais, mas nada de viver na paranóia!

Beijos e boa semana galera!

Tami

Projeto verão não, projeto vida toda!

6 jan

Ahhhhhhhhhh, chegou o verão :)!

Finalmente, essa estação tão gostosa que apesar de nos fazer passar mal de calor (:P), nos proporciona a oportunidade de viajar mais, curtir a natureza e aproveitar melhor a vida de muitas formas.

Uma estação alegre mas que pra muitos parece pesadelo. Mas por queeee?

Por conta dessa tal história de projeto verão! No verão as pessoas querem ter corpos maravilhosos, aparecer bem em biquínis e outras roupas da estação… só que na maioria das vezes a preocupação está só na aparência e não na saúde.

Daí, o que acontece? Quando chega o mês de setembro mais ou menos, as pessoas correm pra academia e para consultórios querendo dietas e exercícios milagrosos para perder os milhões de kilos que ganharam ao longo do ano (ou anos!) e ficarem bonitas no verão. E quando ele acaba, começa-se a comer feito hipopótamos novamente. E é assim por anos e anos.

Só que nem sempre dá tempo de “recuperar o tempo perdido em pouco tempo”, e aí ficam choramingando em janeiro. E deixam de aproveitar, de sair, de curtir, por que estão fora de forma ou coisa do tipo.

Tá tudo errado! E dou vários motivos pra isso:

  1. Isso é brincar com a saúde. Viver em efeito sanfona e a falta de uma alimentação adequada podem acarretar em prejuízos pra saúde a longo prazo, e dos mais diversos. 
  2. Não adianta deixar tudo pra cima da hora, nem sempre será possível conseguir os resultados desejados em pouco tempo. E outra coisa, os resultados obtidos com os exercícios são cumulativos, conforme os anos passam você fica melhor e melhor, dentro e fora. Se você começar e parar sempre, não haverá evolução ou então ela será mais lenta. É um processo longo, bebê.
  3. Essa montanha russa toda vai te afetar psicologicamente também. Não ver resultado desanima, estar mal no verão  então mais ainda. E o desânimo pode trazer consequências como problemas psicológicos ou então a vontade de jogar tudo pro alto e nem tentar mais!

Fala a verdade, não é melhor cuidar da saúde todo dia se dedicando na alimentação e nos exercícios? São tantos os benefícios, a qualidade de vida melhora…. não pode deixar a preguiça, o desânimo e a gula vencerem isso.

Vê direito se está fazendo tudo direitinho… quando você ficar velinha (o), você agradecerá :)! Principalmente por ter vivido tantos verões feliz!

Pois bem, por isso que eu fico brava quando ouço falar em projeto verão :P…. depois que eu entendi a importância da atividade física e da reeducação alimentar pela saúde e também para ter um físico legalzinho, eu risquei esse termo do meu caderninho. Tem que ser projeto vida toda, meeeesmo!

Bjo e feliz ano novooo 🙂

Tami

Tabelas Nutricionais de Restaurantes

11 dez

Oi pessoal!

Hoje tenho uma dica para quem faz algum tipo de registro sobre o que come. Seja pelo FatSecret, seja por algum outro site ou aplicativo de contagem de pontos, calorias, etc. Ou seja no caderninho mesmo, rs.

Sexta-feira fui almoçar no Fifties e na hora de lançar o meu almoço, precisei consultar a tabela pois no site não tinha o meu produto cadastrado. Para minha sorte, escolhi o Veggie Burguer. É bem gostoso e não tem tanta gordura quanto outros produtos deles (fiquei espantada com o post da Camys sobre os Wraps). Em compensação tem muito sódio.

Essa não foi a primeira vez que precisei consultar tabelas nutricionais na internet para poder preencher meu diário, e resolvi compartilhar alguns links com vocês :)!

Segue abaixo alguns links de tabelas nutricionais de restaurantes fast-food bem conhecidos. Em breve farei outros posts sobre o tema, pois já pesquisei muita tabela nutricional… de comidinhas de festa, de quermesse, de restaurantes… rsrs. É muito interessante ficar de olho nesse tipo de informação! Principalmente para aprender e fazer sempre as melhores escolhas.

BK – http://www.burgerking.com.br/informacion-nutricional

Bob´s – http://www.bobs.com.br/cardapio

Mc Donalds – http://www.mcdonalds.com.br/#/NPC%253ANutrition%25233

The Fifties – http://www.thefifties.com.br/Tabela_Nutricional.pdf

Seletti – http://www.seletti.com.br/tabela.pdf

Seletti – São Paulo – http://www.seletti.com.br/seletti_tabela_nutricional_sao_paulo.pdf

Subway – http://www.subway.com.br/tabela-nutricional

Quem tiver mais links compartilha nos comentários :)!

Beijos e boa semana :)!

Tami

Webchat – Muita Informação!

27 nov

E aí pessoal?

Como andam a alimentação e os cuidados com a saúde nessa época de fim de ano, que costuma ser corrida?

Eu desde outubro estou super corrida com um monte de coisas, parece que no fim do ano tudo é pra ontem né? Fora problemas pessoais como mudança de emprego (isso muda completamente a rotina, e até acostumar…) e outras coisinhas.

Agora estou conseguindo me organizar melhor e inclusive retomar a alimentação adequada e exercícios. Mas fases assim fazem parte da vida. O importante é não deixar a peteca cair!

Ontem assisti um vídeo super legal que acho que tem a ver com isso. Descobri muita informação importante de coisas que eu tinha dúvidas. Fica aqui a dica pra vocês! Foi um webchat da Nestlé que teve a participação da Camys do Pensando Magro.

Segue o link:

Aproveitem!! E voltem pra dizer o que acharam e o que descobriram de interessante ;).

Bjão e até a próxima!

Tami

A Semente da Vitória

17 nov

E aí como vão de feriado?? 😛

Quero dar uma super dica que me ajudou e incentivou muito, mas muito mesmo. Acho que foi o ponta pé inicial pra eu acreditar que podia mudar de vida.

Passei por alguns momentos turbulentos na minha vida do ano passado pra cá e eu estava entrando num desânimo muito grande inclusive com meu próprio bem estar. De emagrecer eu já tinha desistido a séculos. Ser pelo menos mais saudável então eu nem cogitava.

Uma amiga muito querida que tenho notou isso e me presenteou com um livro que ela tinha lido. Acho que ela não tinha idéia de como esse livro ia me dar ânimo, fé, perspectiva… enfim. Esse livro se tornou um dos meus favoritos e é muito importante pra mim.

Alguém aqui já ouviu falar no Nuno Cobra? Ele era o preparador do Ayrton Senna e de uns outros atletas conhecidos, mas não só de atletas. Ele atende muita gente.

No livro “A Semente da Vitória” ele conta um pouco da vida dele e dá um panorama geral do método dele, que mais do que “emagrecer” ou “ficar em forma”, prioriza a vida saudável – tanto a mente quanto o corpo. E acho que isso é mais importante do que emagrecer e ter corpinho bonito. O buraco é mais em baixo! Não adianta ficar assim sem saber comer direito, se cuidar direito, ter a cabeça atormentada ou achar que sendo magro sé sinônimo de saúde.

As lições do livro são muito boas, mas só dá pra aplicar aos poucos… eu li ele em março e de lá pra cá já fiz muita coisa mudar. Mas ainda falta muito, confesso.

E o mais bacana é que ele dá muito ânimo e incentivo!! No final tem muitos depoimentos também, o que ajuda a incentivar bastante.

Eu sei que usei aqui a palavra incentivo mil vezes, mas isso é resumidamente o que o livro faz. Incentivar!

Espero que quem puder/quiser ler tenha os mesmos benefícios que eu tive ou até mais :). E passa aqui pra contar o que achou!

Segue aqui um link de resenha só pra vocês darem uma espiada: http://www.valoresreais.com/2010/05/30/resenha-a-semente-da-vitoria-de-nuno-cobra/

Tem aqui também o link de uma coluna muito bacana dele: http://www2.uol.com.br/vyaestelar/nunocobra.htm

É engraçado como ele fala no livro sobre começar a correr. Sempre que estou correndo penso nele, rsrs!

Beijão e boa noite! Bom resto de feriado pra vocês ;).

Tami

Maus hábitos que só fazem mal!

27 out

Oi Galera!

Uma das coisas que mais atrapalha a reeducação alimentar são os maus hábitos. È contra eles que lutamos boa parte do tempo. Mas o bom é que normalmente é só uma fase, só que às vezes longa demais, rs.

Mas por que uma fase? Eles normalmente nos atrapalham mais no período em que estamos nos adaptando, nos reeducando, mudando a rotina de alimentação e eliminando esses erros e hábitos ruins. Depois disso é mais fácil levar, afinal, estaremos “reeducados”. MAS é importante lembrar que isso não dispensa a eterna vigilância!

Mas o que são maus hábitos? Tenho alguns exemplos aqui pra vocês, são todos fatos que aconteceram comigo…

– Eventos – sejam eventos empresariais, do trabalho, de estudos, happy-hour, aniversários… sempre achamos que precisamos comer até morrer. Uma dica para evitar isso é comer antes de sair, mas se não tiver como, é importante tentar lembrar que você não precisa comer até se encher. Você não precisa comer um de cada, nem 15 do mesmo. Se esforce para escolher os mais saudáveis ou apenas os favoritos. Coloque limites sobre a quantidade e qualidade do que for ingerir e foque pra não ultrapassar esses limites. Às vezes, quando já estou satisfeita ou já bati os limites, se possível, me concentro em fazer outras coisas (conversar, dançar, depende da ocasião) pra não ficar nem vendo a comida. E o mesmo vale para a bebida… se puder sair de perto melhor ainda.
Mas olha, ninguém disse que vai ser fácil. Eu mesma nunca consegui atingir “o desempenho perfeito” em uma festa, rsrs. Mas eu percebo que aos poucos vou evoluindo. Isso é o mais importante!

– Doces – pois é… pra quem gosta de um docinho que nem eu, isso é um terror. Geralmente o problema de quem gosta de doce não é só a frequência, mas também a quantidade. São duas variáveis que precisam ser combatidas! Diminuir frequência e quantidade é extremamente importante para o sucesso. Eu estou tendo resultados ótimos em relação a quantidade, antigamente eu fazia pratões de doce e hoje se eu pego uma quantidade média que seja, já fico enjoada logo. Então por conta disso estou maneirando. Às vezes fico até triste, mas é o melhor pra mim né? Rs. Agora, meu atual problema maior é a frequência… quase todo dia belisco um docinho, está difícil de levar. Mas sei que é uma fase, estou combatendo primeiro as quantidades e logo esse problema se vai também. A chave de tudo é a paciência! E focar nos resultados.

De vez em quando essas situações podem ser desmotivadoras, mas se pararmos para analisar cada pequeno avanço e cada passo, veremos o quanto ao longo do tempo vamos evoluindo! Devagar e sempre!

E vocês? Que maus hábitos tentam combater?

Beijos e bom fim de semana!

Dica rápida para controle de alimentação e exercícios!

22 out

Oie!!

Existem diversas maneiras de ser fazer o controle da alimentação e exercícios. É consenso o fato de que anotar essas informações diariamente é de grande ajuda para quem quer emagrecer.

Você pode simplesmente anotar tudo à mão mesmo ou então usar da nossa amiga tecnologia para fazer o controle dessas informações de forma mais prática e completa!

Lá no Pensando Magro sugeriram pra mim o FatSecret. É um site (também tem App para Android, se tem para iOS eu não sei) aonde você registra o que consome diariamente e também as suas atividades físicas. Através dele pode-se fazer contagem de calorias, e também controlar informações sobre gordura, proteínas, carboidratos e outros itens.

Dá pra usar de várias formas, e é impressionante como ele se torna uma boa fonte de informação que pode te orientar nas refeições futuras!

Essa semana depois de umas jacadas que dei percebi que poderia usar ele também como um planejamento. Ir colocando o cardápio do dia e vendo como vai ficar equilibrado ajuda muito!

Existem outros aplicativos e sites com essa finalidade, mas nunca usei.

Alguém aí já viu falar no FatSecret ou algum outro? Já usou? Contem aí nos comentários o que acharam!

Bjo e boa semana!

Tami

Sob Nova Medição

NO PAIN, NO GAIN!

gostosinhas

cozinha light e feliz

Reeducando meu corpo

tudo sobre alimentação, atividade física, moda, esmaltes...

Nutricionista Giovana Guido

Nutrição Esportiva & Saúde

Por 365 Dias

Um dia de cada vez.

Adeus, Gorducha!

Diário sobre Reeducação Alimentar, Atividade Física, Recuperação de Autoestima, Superação e Conquista!

O fantástico mundo de Camila

"Se quer viver uma vida feliz, amarre-se a uma meta, não às pessoas e nem às coisas"

Passive Aggressive Abuse

the insanity of passive aggression

60-Day Beast Mode x2

Push Hard | Stay Dedicated

Diário Cardápio

Adeus efeito sanfona!

Sea of Dreams and Ambitions

The greatest WordPress.com site in all the land!

In it for the Long Run

searching for balance in a pair of purple kicks

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.